Decision Report - Página inicial

   
| Assinaturas  |  Publicidade  |  Newsletter  |
|  Contato |   Busca: 
 |
Panorama Finanças Governo Saúde Serviços Indústria Varejo
Mercado
Pesquisa
Fusões
Cases
Carreira
Segurança
Comentário
Security Report


Security Leaders no WTC. Participe!

PROOF




Você está em: Home - Panorama - Mercado -

Do disco ao armazenamento em flash

Léia Machado     02/05/2017

De acordo com os dados da IDC, o mercado de armazenamento em flash na América Latina deve movimentar US$ 140 milhões neste ano, sendo que o Brasil representa aproximadamente 45% de market share. Esses números são extremamente positivos para a Pure Storage, fornecedora independente de plataformas 100% em flash e que está completando dois anos de presença no Brasil.

Segundo o VP para América Latina, Wilson Grava, a companhia registrou crescimento ano a ano desde a sua fundação, há seis anos no Vale do Silício. A presença nacional conta hoje com escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília e acaba de anunciar o novo gerente geral no País, Paulo de Godoy.

O executivo trabalha na empresa há dois anos e terá como missão consolidar a operação em solo brasileiro. “Mesmo com um cenário de recessão na economia, as empresas brasileiras seguem investindo em soluções de armazenamento. Nosso foco, para esse ano, será em indústrias como Governo, Finanças, Saúde e Varejo”, pontua o executivo durante almoço com a imprensa, realizado na semana passada em São Paulo, e acrescenta que o diferencial do storage 100% em flash é melhor performance e redução de custos em médio prazo.

Os resultados financeiros da Pure Storage no último ano fiscal, finalizado no dia 31 de janeiro, apontam crescimento de 65% ano após ano, com receita no valor de US$ 728 milhões. “Para este ano, nossa expectativa é faturar US$ 1 bilhão, até porque nossa meta é entregar simplicidade na contratação da tecnologia e também no gerenciamento, que pode ser feito por meio do smartphone”, pontua Grava.

E a Pure também está atenta ao crescimento dos dados em todo mundo. Analistas preveem que até 2025, serão 180 Zettabytes de dados gerados por ano. Isso apresenta às organizações modernas desafios e oportunidades nos quesitos armazenamento e análise desses dados para conduzir decisões de negócios. “90% dos dados armazenados em todo mundo não estão no sistema flash, ou seja, temos muito mercado para trabalhar”, acrescenta Grava.

Portfólio

Para colocar em prática essa estratégia, a Pure Storage anuncia o FlashArray//X, array 100% flash e em NVMe (Non-Volatile Memory Express), um novo padrão de armazenamento. O produto promete um gerenciamento completo em flash com o novo software Purity DirectFlash e os módulos NVMe DirectFlash, que eliminam os gargalos de desempenho associados às tecnologias legadas.

Essa otimização flash de ponta a ponta do software ao silício sobre o NVMe melhora o desempenho do sistema e permite que os clientes tenham acesso ao valor de seus dados. A tecnologia também reduz a latência em até 50% e aumenta a largura da banda em até duas vezes, enquanto a densidade de performance em até quatro vezes.

Enviar por e-mail   |   Imprimir texto

Mercado - 28/04/2017
Senior Solution anuncia migração para o Novo Mercado

Mercado - 28/04/2017
Seja inteligente com a AI

Mercado - 28/04/2017
NCR registra faturamento de US$ 1,48 bilhão

Mercado - 28/04/2017
Os desafios da inteligência artificial

Mercado - 28/04/2017
Quanto o BYOD custa para as empresas?

Mercado - 27/04/2017
78% dos executivos de TI temem a concorrência

Mercado - 27/04/2017
Líderes precisam se envolver mais na transformação digital

Mercado - 27/04/2017
Red Hat nomeia novo VP executivo e CFO

Mercado - 26/04/2017
TOTVS investe R$ 20 milhões em nova solução de RH

Mercado - 26/04/2017
Blockchain: já é uma realidade?



Os CEOs e a inovação
*Por Orlando Cintra

Orlando Cintra, da SAP Brasil, fala como a transformação digital é um tema de interesse, investimento e grande preocupação dos executivos. Quem, de fato, faz a ideia disruptiva acontecer dentro da organização?


Copyright © 2015 Decision Report       Todos os direitos reservados.       É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site.